Nossos Estatutos para a Associação DogRescue

MISSÃO

O DogRescue quer mudar e melhorar as condições de vida dos cães vadios da Romênia, mas também dos outros animais do país. Através de doações financeiras e atividades de adoção, o esforço de trabalho do DogRescue na prática significará a diferença entre viver e sobreviver para o maior número possível de animais. Além disso, as principais tarefas do DogRescue são promover a formação de opinião e espalhar interesse e conhecimento dentro e fora da Suécia sobre a vulnerabilidade dos cães vadios romenos.

DISPOSIÇÕES GERAIS 

§ 1. Propósito 
O objetivo da associação é ajudar cães angustiados, especialmente fora da Suécia, a uma vida melhor através do trabalho ativo.

Seção 2 Composição 
A associação consiste nas pessoas físicas que foram incluídas na associação como membros. DogRescue é uma associação sem fins lucrativos, sem interesse próprio. A associação é política e religiosamente independente.

3 § Órgão de tomada de decisão
O órgão de decisão da associação é a reunião anual, a reunião anual extra e o conselho.

4 § Desenho da empresa 
A empresa da associação é assinada pelo conselho e é até agora. Se possível, a associação deve ter assinantes da empresa 2. Os assinantes da empresa podem assinar acordos individualmente em nome da associação.

5 § Exercício e negócios 
O ano fiscal e o ano fiscal da associação compreendem um ano civil.

6 § Interpretação estatutária, etc. 
Se houver alguma dúvida quanto à interpretação desses estatutos, ou se ocorrerem casos que não estejam previstos nos estatutos, o assunto será encaminhado para a próxima reunião anual. Em casos urgentes, o assunto pode ser decidido pelo Conselho. Um membro compromete-se, através da sua associação à Associação, a não intentar uma ação no Tribunal Geral no que diz respeito à aplicação destes estatutos. Os litígios relativos à aplicação dos estatutos serão resolvidos em conformidade com o disposto no § 26.

7 § Alteração estatutária 
Para alterar esses estatutos, é necessária uma decisão por reunião anual com a maioria do número de votos expressos 2 / 3. As propostas de alteração dos estatutos podem ser apresentadas por escrito pelo membro e pelo conselho.

8 § Resolução da associação 
Para a dissolução da associação, é exigida uma decisão em assembleia anual com a maioria de 2/3 dos votos expressos. As decisões sobre a dissolução da associação deverão prever que os bens da associação serão utilizados para um fim específico que promova os cães o grupo-alvo da associação, e onde e por quanto tempo os documentos da associação dissolvida, etc. serão arquivados.

MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO

9 § Associação 
A associação é concedida pelo Conselho de Administração ou pela pessoa a quem o Conselho delegou o poder de decisão. O pedido de associação só pode ser rejeitado se se puder presumir que a pessoa em questão contraria os objetivos ou interesses da associação. A decisão de rejeitar o pedido de associação deve ser tomada pelo Conselho.

10 § Retirada 
Um membro que desejar se demitir da associação deverá notificar o conselho por escrito e considerar-se-á que deixou imediatamente a associação. As taxas de associação pagas não são reembolsadas, independentemente da hora da partida.

Seção 11 Exclusão etc. 
Um membro não pode ser excluído da associação por qualquer outro motivo que não tenha deixado de pagar taxas decididas pela associação, frustrado as atividades ou propósitos da associação ou obviamente prejudicado os interesses da associação.

12 § Direitos e obrigações dos membros 
membro
- tem o direito de participar nas reuniões organizadas para os membros (reunião de membros).
- tem o direito de obter informações sobre as atividades da associação na forma de uma revista de sócios, site ou similar, e de ter acesso às atas do conselho.
- cumprirá os estatutos e as decisões da associação.
- não tem direito a parte do saldo ou propriedade após a dissolução da associação.

REUNIÃO ANUAL E REUNIÃO ANUAL EXTRA

13 § Hora e aviso prévio 
Foi feita uma proposta de mudança de status, fechamento ou fusão da associação com outra associação ou seus membros
§ 13 A reunião anual, que é o mais alto órgão de decisão da associação, é realizada durante os meses de verão, o mais tardar no final de junho, no horário e local determinados pela diretoria.

14 § Propostas para assuntos a serem considerados na reunião anual 
Tanto o membro como o conselho podem apresentar propostas a serem consideradas na reunião anual. As propostas de um membro devem ser enviadas à Diretoria o mais tardar semanas 2 antes da reunião anual.

15 § Direitos de voto e direito de opinião e proposta na reunião anual 
O membro que pagou a taxa de associação o mais tardar meses 3 antes da reunião anual e nos casos em que a associação termina durante o período 3 meses antes da reunião anual, com o tempo renova sua associação e que completou os anos 18, tem o direito de falar, votar e votar em uma reunião. tem o direito de falar e o direito de propor na reunião.

16 § Tomada de decisão 
A reunião é decidida pelo número de membros votantes presentes na reunião.

17 § Decisão e votação 
As decisões são tomadas através da votação. Todas as questões são decididas por maioria absoluta, o que significa mais da metade do número de votos expressos. Todas as votações são abertas na medida em que o conselho / membros não decidam a votação fechada. Os membros também devem poder solicitar uma votação.

18 § Elegibilidade 
Eleito para o Conselho é um membro votante da associação. O Conselho tem o direito de eleger um novo membro para o Conselho em uma reunião ordinária do Conselho. Ele tem um mandato para a próxima reunião anual e deve ser reeleito.

Seção 19 Assuntos na reunião anual 
Na reunião anual, o seguinte deve ser discutido e registrado:
- Determinação da lista de votação para a reunião.
Eleição do presidente e secretário da reunião.
- Seleção de ajustadores e contadores de minutos.
Pergunte se a reunião foi anunciada corretamente.
- Aprovação da Agenda.
- O relatório anual do Conselho para o exercício financeiro mais recente.
- Relatório de administração e demonstrações financeiras do Conselho.
- Auditoria da gestão do Conselho durante o último exercício financeiro.
Pergunta sobre a exoneração de responsabilidade do conselho no período a que se refere a auditoria.
Determinação das taxas da associação, por ex. taxas de adesão.
- Adoção do plano de negócios para o próximo exercício.
- Consideração das propostas do Conselho e moções oportunas recebidas.
Eleição do presidente da associação por um período de 2 anos e do número de membros e suplentes sendo a metade eleita em 1 e 2 anos respetivamente.
As decisões relativas a maior significado financeiro para a associação ou seus membros não podem ser tomadas, a menos que sejam incluídas no aviso da reunião.

20 § Reunião anual extra 
O Conselho pode convocar os membros para uma reunião anual extra.
O Conselho é obrigado a convocar uma Reunião Extraordinária Anual quando o auditor ou pelo menos um décimo dos membros votantes da Associação o solicitar. Essa solicitação deve ser escrita por escrito e conter os motivos da solicitação. Quando a Diretoria receber uma solicitação válida para uma reunião anual extra, deverá anunciar essa reunião dentro das semanas 4 a serem realizadas dentro dos meses 2 a partir da solicitação recebida. Em uma reunião anual extra, somente aqueles que lideraram a reunião podem ser admitidos ao tratamento. Se os direitos de voto e o poder de voto em uma reunião anual extraordinária se aplicarem, o que é dito nos § 15 § e 16 §.

CONTADOR 

21 § Revisão 
O auditor ou outra pessoa nomeada para auditoria tem o direito de revisar continuamente as contas da associação, a reunião anual e as atas do conselho e outros documentos. As contas da associação devem ser enviadas pelo menos um mês antes da reunião anual. O auditor ou outra pessoa designada deve revisar a administração e as contas do Conselho, referentes ao exercício fiscal e financeiro mais recente, bem como enviar um relatório de auditoria ao Conselho, o mais tardar, no dia 14 antes da reunião anual.

ELEIÇÃO 

22 § Comitê Eleitoral
O comitê de nomeação / membros suplentes deve apresentar sua proposta ao conselho administrativo à associação o mais tardar semanas 2 antes da reunião anual. A associação também apresentará as propostas recebidas em um local acessível aos membros o mais tardar semanas 2 antes da reunião anual.

BOARD 

23 § Composição 
O Conselho é composto pelo Presidente e um mínimo de 2, um máximo de 7, outros membros e um máximo de suplentes 4. No caso de um membro ser impedido, o suplente ocupará o seu lugar. O membro tem o direito de escolher por si mesmo qual suplente servirá como substituto. Na reunião anual, os membros do conselho e deputados têm o direito de falar, o direito de votar e o direito de votar da mesma maneira que os membros da associação. Nas reuniões do conselho, os deputados têm o direito de falar e o direito de propor. O direito de voto se aplica no caso de um membro ser impedido se um suplente entrar em seu lugar.

24 § Deveres do Conselho 
Quando a reunião anual não é realizada, o conselho é o órgão de tomada de decisão da associação. O conselho será responsável pelas atividades da associação de acordo com os planos estabelecidos e salvaguardará os interesses dos membros. É de responsabilidade do Conselho, em particular:
- garantir que as regras aplicáveis ​​à associação sejam observadas,
- implementar as decisões tomadas pela reunião anual,
- planejar, liderar e distribuir o trabalho dentro da associação,
- ser responsável e administrar os fundos da associação,
- apresentar contas etc. ao auditor de acordo com a seção 21,
- preparar reunião anual

o presidente
- é o representante oficial da associação,
- deve liderar as negociações e o trabalho do conselho
- fiscalizará o cumprimento dos estatutos da associação e demais regras.
Se o Presidente for impedido, o Vice-Presidente entrará no lugar do Presidente.

secretário
- convoca reuniões e fornece ao conselho uma agenda bem antes da reunião,
- para atas de reuniões do conselho,
- é responsável por documentar a história da associação,
- gerencia minutos, cartas, etc.
- garante que as decisões tomadas foram aplicadas,
- assinar documentos de saída, a menos que o conselho decida o contrário,
- prepara anualmente propostas para o relatório anual da associação.

tesoureiro
- responsável pelo presidente. pagamentos certificados e garante que as contas a receber sejam cobradas,
- para um livro de contas da associação e informar a outra diretoria sobre isso,
- deve preparar demonstrações financeiras anuais.

25 § Aviso, tomada de decisão e votação 
O Conselho se reúne mediante notificação do Presidente, de acordo com uma decisão anterior ou quando pelo menos metade do número de membros / suplentes o solicitar. Todas as decisões exigem que pelo menos metade de todos os membros do Conselho concorde com a decisão. No mesmo número de votos, o presidente tem voto de qualidade. Em casos urgentes, o Presidente pode decidir que as questões sejam decididas por votação por telefone ou e-mail. Nesse caso, isso será relatado nas próximas atas da reunião. A ata deve ser tirada na reunião. As atas serão ajustadas pelo presidente e pelo ajustador de um minuto ou ajustador de dois minutos indicado pelo presidente. As frases anômalas serão registradas em ata.

26 § Cláusula de divórcio 
Uma disputa em uma disputa entre um membro e a associação não deve ser levada ao tribunal geral. Essa controvérsia, exceto nos casos em que outro regime especial esteja previsto nos estatutos, será resolvida por meio de árbitros imparciais de terceiros. Cada parte é responsável por seus próprios custos, bem como pelos custos do árbitro designado.

ESTATUTOS

para a associação DogRescue, sem fins lucrativos, com sede no município de Båstad, formada no 21 em março do 2010.

0